Microinjeção em árvores

Endoterapia
Microinjeção em árvores


A endoterapia consiste num método fitossanitário alternativo em árvores que é utilizado para substituir tratamentos convencionais por pulverização. Trata-se de um método totalmente inofensivo para a população e animais e pode ser utilizado em qualquer altura do dia. Para mais informações Contacte-nos!

O QUE É ENDOTERAPIA VEGETAL?
A endoterapia vegetal é um método terapêutico realizado com produtos fitossanitários para plantas lenhosas e palmeiras, consistindo na injeção do produto fitossanitário e / ou substância nutricional diretamente no sistema vascular da planta. Destaca-se dos tradicionais tratamentos aéreos por ser sem pulverização de produtos químicos que poluem o meio ambiente, solos e águas, bem como por ser totalmente inócuo para a saúde das pessoas e animais, podendo realizar-se a qualquer hora do dia. A endoterapia vegetal aplica-se seguindo protocolos de ação rígidos que garantem a eficácia por forma a minimizar os danos na planta. Depois de mais de 10 anos no setor de tratamento de árvores ornamentais, a endoterapia vegetal não é mais um sistema alternativo, consolidou-se como técnica de controlo de pragas e doenças, bem como para a contribuição nutricional devido aos seus múltiplos benefícios.



COMO FUNCIONA? 
A endoterapia é um tratamento que funciona a partir da capacidade do fluxo da seiva dentro dos tecidos vasculares (o xilema). O fluxo da seiva é determinado segundo dois parâmetros: respiração e fotossíntese. Portanto, quando temos essas duas variáveis ​​em operação, o tratamento funcionará melhor. Em termos gerais, devem-se realizar os tratamentos na primavera e no verão, sendo estes os períodos com mais existência de pragas. Deve-se notar que nem todas as árvores têm o mesmo grau de permeabilidade do produto, então teremos espécies mais porosas do que outras. Para resolver este problema, é necessário tratar cada espécie de uma forma singular, dependendo de sua porosidade, com uma determinada pressão, garantindo assim a perfeita penetração do produto sem causar danos mecânicos na planta.

         

COMO REALIZAR UM TRATAMENTO DE ENDOTERAPIA VEGETAL? 
É extremamente importante que os tratamentos de endoterapia vegetal sejam realizados por técnicos de empresas especializadas com formação neste tipo de aplicações fitossanitárias, para garantir a mais alta qualidade do tratamento, desde a sua eficácia até a minimização dos danos produzidos no chão. Vários são os fatores que podem influenciar no resultado final do controlo de uma patologia. Destacamos seis fatores fundamentais para o bom controlo da patologia, definindo-se o hexágono da endoterapia Vegetal:

ENDOTERAPIA EM ÁRVORES
Este sistema, consiste em injectar nutrientes ou substâncias fitossanitárias no tronco das árvores,
permitindo a sua distribuição ao longo de todo o sistema vascular da planta.
Apesar de normalmente recorrer ao uso de fitofármacos, podem também utilizar-se produtos
com resíduo zero para o tratamento de diversas pragas e doenças. Desta forma, esta intervenção
respeita o meio ambiente envolvente uma vez que todo o produto necessário é injectado
directamente sem que haja perdas por escorrência ou por arrastamento devido do vento,
evitando contaminações circundantes e possível contacto, mesmo que indirecto, com a população,
fauna e flora. Por mais altas que sejam as árvores, os produtos injectados no sistema vascular
chegam sempre até às suas extremidades, apresentando elevada persistência na planta.
As injecções que requerem perfuração, para além de danificarem permanentemente o lenho, interrompem o movimento natural e normal dos nutrientes nos vasos condutores de floema e xilema e potenciam a entrada de fungos e pragas nas árvores. O sistema de injecção directa penetra através da casca dos troncos sem danificar o lenho chegando até ao floema, onde a substância activa é facilmente absorvida.

TRANSLOCAÇÃO DE PRODUTOS
A fim de demonstrar empiricamente a distribuição completa do produto injetado nas árvores, foram realizadas várias experiências com corantes especiais injetados no sistema vascular de uma árvore. Para realizar a experiência, foi utilizado um corante (de cor vermelha) com um veículo especial, o mesmo que se mistura com o produto fitossanitário nas aplicações de endoterapia vegetal. Após duas semanas da injeção, a árvore foi derrubada e cortada para podermos avaliar os resultados. Nas seguintes imagens pode-se verificar como o produto é distribuído pela árvore, da base do tronco onde foi feita a injeção, através dos ramos e atingindo as folhas, que também ficaram tingidas. Desta forma, a mobilidade do produto pode ser verificada ao longo do sistema vascular da árvore e a grande importância para que o tratamento seja eficaz.
           

         

Vantagens deste sistema:

  • Aumenta a efectividade do tratamento: o processo de injecção directa injecta as substâncias desejadas na zona activa trazendo resultados mais rápidos;
  • Trata quase todo o tipo de árvores em 5 minutos ou menos: não necsssita de vigilância, tempo de espera para absorção do produto nem de deslocações posteriores para recolha de materiais. O resultado são mais árvores tratadas em menos tempo;
  • Evita danos de perfuração: a injecção directa é o único método que não necessita de perfuração evitando danos, feridas de longa duração e sem desperdício de energia da própria árvore;
  • Simplifica o processo de tratamento de árvores: este sistema de injecção directa não necessita de qualquer fonte energética.

Espécies que Tratamos:

  • CONÍFERAS (Ciprestes, thuja e árvores de casca rija)    
  • PINHEIRO (todas as espécies)
  • ÁRVORES DE FOLHA LARGA / FRONDOSAS (angiospérmicas)
  • ÁCER / POPULUS
  • ULMEIRO
  • FICUS: MICROCARPA NITIDA-RETUSA
  • PLÁTANO
  • CÍTRICOS (ornamentais)
  • FRUTEIRAS (ornamentais)

Peça um Orçamento Gratuito. Contacte-nos!
Newsletter
Subscreva a nossa newsletter
Continuar a navegar no nosso website implica a aceitação da nossa Política de Cookies - Saiba mais aqui